segunda-feira, 11 de abril de 2016

Os Fantasmas de Goldfield


A meio caminho entre Las Vegas e Reno encontra-se uma pequena cidade chamada Goldfield. Enquanto praticamente um marco histórico em si, dá para se fazer uma bela caminhada ao longo dos prédios abandonados dessa cidade onde outrora existia bastante animação.

A construção do Hotel Goldfield foi concluída em 1908, quando a cidade estava prosperando com suas minas de ouro, encontradas seis anos antes, com sua população aumentando para mais de 30.000 almas. Esse hotel, construído em cima de uma velha mina, era considerado, nessa época, o mais luxuoso do lado oeste do país, com mais de 150 quartos e chefs importados diretamente a partir da Europa. Tinha até o primeiro elevador ao oeste do Mississipi!

Algum tempo depois, foi comprado por George Wingfield, um dos homens mais ricos de Nevada. A história de uma assombração associada ao hotel remonta a 1930, e envolve o próprio Wingfield e uma prostituta chamada Elizabeth.


De acordo com a lenda, Wingfield era um cliente assíduo dos serviços de Elizabeth e um dia ela o informou que não só ela estava grávida, como ele era o pai. Temendo o dano que poderia ter sua imagem se essa notícia se espalhasse, ele providenciou que Elizabeth fosse mantida oculta. Ela foi levada ao quarto 109 do hotel e acorrentada para evitar sua fuga. A moça morreu nesse local, alguns dizem que durante o nascimento da criança, enquanto outros afirmam que foi assassinada por Wingfield.

Depois do que aconteceu, Elizabeth e seu filho teriam sido jogados para baixo da mina abandonada sob o hotel. Nos registros antigos do estabelecimento, visitantes relatam que experimentaram temperaturas geladas no quarto 109, bem como sons de choros, certamente do fantasma de Elizabeth e de seu filho.

George Wingfield
Os espíritos da mãe e da criança não são os únicos fantasmas relatados na Goldfield. Na década de 1930 um homem e uma mulher se suicidaram no hotel e promoveram diversas aparições. Na sala de jantar, um fantasma chamado "The Stabber" foi também relatado: aparecia como um homem velho com uma faca e dava estocadas nos hóspedes, mas não conseguia ferir ninguém (Eu, hein?). Há pelo menos mais dois outros espectros no Goldfield: fantasmas de crianças que eram vistas brincando e dando risadas no átrio.

Infelizmente, o ouro acabou, a cidade começou a ficar despovoada e em 1945, o hotel fechou suas portas.

Caçadores de fantasmas de todo o país têm avistado muitas atividades paranormais no hotel, mas a área com maior ação é, em sua unanimidade, no quarto 109.

Existem inúmeras perguntas sobre a história dos fantasmas do Hotel Goldfield. A história de George Wingfield e a prostituta Elizabeth não pode ser verificada. No momento da suposta morte de Elizabeth, Wingfield não possuía ainda esse hotel, e por isso parece improvável que ele a teria mantido prisioneira lá. Como é frequente o caso com histórias antigas de fantasmas, o que se diz, hoje, é provavelmente uma combinação da verdade com a lenda que se acumulou ao longo de muitos anos.

O que pode ser a coisa mais interessante sobre a assombração Goldfield é que, mesmo que Elizabeth nunca tenha existido, há atividade paranormal no hotel, mesmo que nós não saibamos o que realmente eram esses fantasmas em vida.


Fontes: The Goldfield; This Terrifying Haunted Hotel Is Only Three Hours Away From Las Vegas!.
Si prega di attivare i Javascript! / Please turn on Javascript!

Javaskripta ko calu karem! / Bitte schalten Sie Javascript!

Por favor, active Javascript!

Qing dakai JavaScript! / Qing dakai JavaScript!

Пожалуйста включите JavaScript! / Silakan aktifkan Javascript!Better Stop Adblock